+ A Ave-Maria +

A pessoa de Maria, santíssima virgem, engrandece o Senhor: todas as gerações a proclamariam bem-aventurada. Ao proclamar Maria, os verdadeiros cristãos, estão glorificando e exaltando a Deus por meio da sua escolhida, admirando a sua mais sublime criatura.

“E Maria disse: Minha alma magnifica o Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador.”  (São Lucas 1,46-47)

“Porque olhou para sua pobre serva. Por isso, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações” (São Lucas 1,48)

Isso já era prefigurado no Salmo 44 (que segundo Hebreus 1,8 é um Salmo Messiânico):

“Recordarei o teu nome por todas as gerações; por isso os povos te louvarão pelos séculos dos séculos.”  (Salmo 44,18)

Nesse Salmo, o Rei Messiânico é louvado, juntamente com uma figura a sua direita, uma rainha  ornada com ouro de Ofir (símbolo de pureza), essa era a Rainha-Mãe, chamada Gebirah (Grande Senhora) pelo povo do reino, pois todos os reis de Judá mantiveram o costume iniciado por Salomão, quando colocou sua mãe em um trono a sua direita (1 Reis 2,19), todos os reis de Judá então entronavam suas mães (1 Reis 15,13; Neemias 2,6), elas auxiliavam no governo com seus conselhos, e até usavam coroas (Jeremias 13,18), o povo pedia que a rainha intercedesse por eles diante do Rei (1 Reis 2,17; Salmo 44,13).

Cristo já está em seu trono, reinando para sempre no Trono de Davi (Rei de Judá), sendo o Rei de uma Judá Celestial.

“Ao vencedor concederei assentar-se comigo no meu trono, assim como eu venci e me assentei com meu Pai no seu trono.” (Apocalipse 3,21)

“Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai, Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.” (São Lucas 1,32)

Maria, sendo a Mãe de Jesus Cristo (o Messias, o Filho de Deus), herdeiro do trono de Judá, está então, assentada à direita do Rei, assumindo o cargo de Rainha-Mãe, ornada de ouro de Ofir, simbolizando sua pureza que reflete a pureza de Deus, seu Criador, fonte de toda a sua glória.

“Apareceu em seguida um grande sinal NO CÉU: UMA MULHER REVESTIDA DO SOL, a lua debaixo dos seus pés e na cabeça UMA COROA de doze estrelas […] ELA DEU À LUZ UM FILHO, um menino, AQUELE QUE DEVE REGER TODAS AS NAÇÕES pagãs com cetro de ferro. Mas seu Filho foi arrebatado para junto de Deus e do seu trono.”  (Apocalipse 12,1.4)

À essa Rainha-Mãe, o povo implorava os favores, para estarem sempre nas graças do Rei.

“O povo de Tiro vem com presentes; os grandes do povo suplicarão o teu favor.” (Salmo 44,13)

Assim então faz o povo de Deus na Nova Aliança, os membros de sua única Igreja, súditos do Leão da Tribo de Judá. Suplicamos os favores da Rainha-Mãe, para que ela interceda diante do Rei, tendo ela como Nossa Senhora, assim como no reino que prefigurou o atual Reino dos Céus.

Ave maria, cheia de graça, o Senhor é convosco…

“Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo.” (São Lucas 1,28).

Bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus…

“Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.” (São Lucas 1,42).

Santa Maria, Mãe de Deus…

“Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe do meu Senhor?” (São Lucas 1,43).

Rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. amém.

“[…]Rogai por nós, porque tu és uma mulher santa e temente a Deus.” (Judite 8,2.

Texto cedido gentilmente pelo irmão “Lucas Falango“. A equipe do Accatólica agradece o conteúdo compartilhado. Deus abençoe!

Érick Augusto Gomes



Categorias:Mariologia

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: